quinta-feira, 18 de novembro de 2010

E não importa o que vão pensar ou falar, eu te amo e é isso que importa.

O que eu mais queria neste exato momento, é que você gostasse de mim como eu gosto de você, como eu não queria implorar o seu amor, há alguma coisa que me faz gostar mais de você a cada minuto, a cada segundo, a cada gesto seu, e eu me sinto mal por isso, por você mentir pra mim, dizer que entende o meu sentimento, e não faz apenas um pequeno esforço de mostrar pra mim isso, eu tenho mais é que erguer a minha cabeça, e cansar de ser pisado, afinal um dia agente não aguenta mais, e como se diz, eu implorei pelo seu amor, mas hoje quem implora meu amor é você! e eu não me sinto mal por isso, me sinto muito bem, agora você entende o que eu senti, e acho pouco, bem pouco, você merecia mais, e hoje o que supostamente era chamado de amor, eu prezo em lhe dizer que tudo hoje é ódio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário